Soluções de "casa inteligente" atraem e retêm moradores de apartamentos

Fonte: Parks Associates

Soluções de "casa inteligente" atraem e retêm moradores de apartamentos. Os gestores e proprietários de unidades multiuso (MDU) que optam por instalar soluções de casas inteligentes podem alavancar seus investimentos para promover suas propriedades e atrair novos moradores. Fornecer esses dispositivos nas unidades aos moradores pode aumentar a taxa de ocupação e justificar aluguéis mais altos por unidade. Os principais benefícios dos produtos já embarcados têm propostas de valor de simples entendimento para os consumidores: controle de acesso e soluções de gerenciamento de energia, entre outros.

Acesso e controle

Fechaduras inteligentes: Os moradores podem acessar sua unidade sem chaves.Eles podem fornecer acesso temporário aos hóspedes e até mesmo abrir a porta remotamente.

Termostatos inteligentes

Os moradores podem controlar remotamente seus termostatos.Eles podem criar programações de temperatura predefinidas para reduzir o uso de energia e economizar em suas contas. Eles podem pré-aquecer ou pré-resfriar sua unidade antes de voltar para casa.

Alto-falantes inteligentes

Os moradores podem controlar os dispositivos dentro da unidade usando suas vozes.
Eles podem acessar as habilidades de assistente virtual de alto-falante inteligente, que podem ser usadas para demonstrar ou solucionar problemas de uso de outros dispositivos domésticos inteligentes na propriedade.

Gestão de Energia e Princípios ESG

As soluções de gestão de energia identificam e reduzem as fontes de desperdício de energia, e este tipo de “amenidade verde” é cada vez mais atraente para os consumidores. Em geral, as preocupações ambientais estão aos poucos ganhando força. Por exemplo, 21% dos lares de banda larga nos EUA relatam que a capacidade de reduzir a contribuição de sua casa para a poluição do ar e a pegada de carbono geral aumentaria sua probabilidade de investir em um painel solar.

A Governança Socioambiental (ESG) teve origem no setor financeiro como um conjunto de critérios que investidores socialmente conscientes podem utilizar para julgar potenciais investimentos. O conceito tem se expandido constantemente para incluir princípios usados ​​para medir negócios e um MDU pode se posicionar como um bom administrador do meio ambiente com soluções de gerenciamento de energia em vigor.

Um mercado maduro com oportunidades e necessidades de suporte futuras

À medida que a concorrência aumenta, o suporte pós-venda é uma oferta e um diferencial importante. Atualmente, 80% dos proprietários e gerentes de MDUs com pelo menos uma propriedade residencial inteligente relatam que seu fornecedor fornece suporte técnico pós-venda, inclusive sem custo extra.

À medida que os dispositivos conectados aumentam, é necessário um maior controle centralizado, especialmente se os dispositivos usarem tecnologias de comunicação diferentes (por exemplo, Z-Wave, Zigbee) além do WiFi. Já, 73% dos MDUs com dispositivos domésticos inteligentes instalados em unidades residenciais relatam o uso de um hub, e isso se tornará um benefício ainda mais forte à medida que mais MDUs entrarem no ecossistema de casa inteligente.

As condições de mercado, combinadas com o aumento do número e das capacidades das soluções de casa inteligente, tornam o jogo de casa inteligente atraente para gerentes e proprietários de MDU. Essas operadoras estão procurando fornecedores e oportunidades de parceria para trazer esses benefícios para suas propriedades, onde provedores de serviços e instaladores de dispositivos podem abrir novos mercados para suas soluções.

O mercado doméstico inteligente para MDUs ainda está em seus estágios iniciais, portanto, proprietários e gerentes estão procurando fornecedores com reputação forte e estabelecida, além de considerações de custo e integração. Mas, em um sinal de volatilidade inicial do mercado, 58% dos gerentes e proprietários de imóveis com uma propriedade habilitada para casa inteligente são “muito propensos” a mudar de fornecedor nos próximos seis meses. Essa descoberta é surpreendente, pois esses proprietários/gerentes estão muito satisfeitos com os dispositivos domésticos inteligentes atualmente instalados em suas propriedades.

Uma chave para manter a conta é que os fornecedores de casas inteligentes de MDU estabeleçam confiança em sua capacidade de proteger a privacidade e a segurança dos dados para o gerenciamento, bem como para todos os residentes. Dado que os residentes de MDU provavelmente terão atitudes variadas em relação à privacidade, os fornecedores precisarão atender às políticas mais fortes possíveis.

Esses são fatores-chave à medida que as empresas trabalham para capturar a oportunidade de casa inteligente em MDUs. Este mercado oferece um potencial de receita significativo com benefícios para vários participantes, incluindo proprietários de MDUs e seus funcionários e residentes. Com uma consideração cuidadosa das redes de conectividade, integração com software de gerenciamento de propriedade, segurança e privacidade residentes e treinamento e suporte, os fornecedores podem oferecer uma solução abrangente que atenda às necessidades das diferentes partes interessadas e assim aproveitarão todo o potencial de geração de receita desse mercado .

Icônicos Arranha-céus Brasileiros são uma Verdadeira Vitrine de Sucesso de Casa Inteligente

Fonte: EssentialINSTALL.com 

Com mais de 3.000 zonas empregando a tecnologia Z-Wave nos 168 metros de altura, a FlexAutomation considerou interoperabilidade, robustez, desempenho e segurança no projeto dos sistemas tecnológicos.

A incorporadora e construtora brasileira Porte encarregou a FlexAutomation, membro da Aliança Z-Wave no Brasil, de automatizar um extraordinário novo prédio de apartamentos multi-familiar com uma vista de 270° da linha do horizonte de São Paulo no Brasil. Denominado Figueira Altos do Tatuape, este projeto de 50 andares se expande 168 metros para o horizonte e é considerado um dos edifícios residenciais mais altos da cidade. 

A FlexAutomation fornece soluções sustentáveis e projetos voltados para automação residencial e corporativa baseados na tecnologia sem fio Z-Wave. A Flex Automation é uma empresa brasileira que inovou na categoria de casas inteligentes na América do Sul ao trazer a tecnologia Z-Wave sem fio para o Brasil há quase 20 anos. Além da ZWave, Flex tem produtos compatíveis com Wi-Fi, Bluetooth, e muito mais, para as diversas integrações que o mercado de automação em 15 países espalhados nos cinco continentes exige. Com know-how, contato locais e soluções que cabem em qualquer tamanho de projeto,  a FlexAutomation destacou-se como o parceiro ideal para este novo projeto brasileiro.

Para conhecer mais detalhes deste projeto e informações técnicas, clique aqui



Como os construtores estão se aproximando das tendências de "casa inteligente" em 2022


Fonte: Builderonline, março de 2022

Os compradores desejam que suas novas residências venham com várias atualizações de tecnologia de casa inteligente

Em um condomínio boutique em desenvolvimento em Vancouver, British Columbia, a definição de uma casa inteligente vai muito além de dimmers e termostatos.

Os móveis da unidade de 50 m2 da Gryphon Nova se movimentam... À noite, a mesa do quarto e o armário de armazenamento se retraem para o teto à medida que a cama desce. A cama volta a subir de manhã para criar um estúdio de fitness. Após o treino, a mesa está de volta para mais um dia de serviço.

“Design não é simplesmente sobre a aparência”, diz Michelle Lee, da Gryphon Development. “É sobre como isso eleva sua vida e funciona em conjunto com seu estilo de morar. Mais do que nunca, isso exige uma abordagem holística.”

Isso pode ser uma linguagem nobre para um sistema de polias que iça os móveis no teto e os joga de volta na manhã seguinte. Mas é um exemplo dos avanços inovadores que se infiltram em novos desenvolvimentos, à medida que avanços tecnológicos e atualizações que custariam dezenas de milhares de dólares há apenas alguns anos estão agora ao alcance da maioria dos compradores.

Assista  um video com a apresentação das tecnologias oferecidas neste empreendimento clicando na imagem abaixo.




Com custos baixos e inovação em alta, 2022 pode ser um ano crucial para avanços em casas inteligentes.

“Os compradores são muito mais instruídos e querem velocidade, durabilidade e facilidade de uso”, diz Gina Nixon, vice-presidente executiva da Thomas James Homes. “Você pode fazer de tudo, de geladeiras a fornos, se quiser – estamos quase morando nos Jetsons.”

Veja como alguns construtores estão pensando em casas inteligentes em 2022.

Expectativas básicas

A tendência mais importante na tecnologia de casa inteligente é que ela não é mais uma tendência. Os compradores esperam que novas casas venham com atualizações em suas redes, e itens como campainhas de vídeo e fechaduras automáticas não são mais vistos como inovações futuristas.

“Os consumidores agora estão solicitando recursos domésticos inteligentes integrados desde o início”, diz Michael Williams, da Brilliant, uma empresa de tecnologia doméstica inteligente que trabalha com construtores de casas novas. “Já existe um certo nível de expectativa agora. Cada construtor, mesmo nos níveis mais baixos, precisa pensar em recursos inteligentes.”

Interoperabilidade, segurança e facilidade de uso também são essenciais – os sistemas precisam ser capazes de se comunicar com outros sistemas.

“Os construtores serão encorajados a pensar cada vez mais sobre novas considerações específicas para o comprador no cenário de casa inteligente pré-instalada”, diz Conrad McCallum da CABA (Continental Automated Buildings Association). “É provável que eles se concentrem no tempo necessário para aprender um sistema que foi instalado antes de chegar, melhores práticas de segurança cibernética e privacidade, contratos de manutenção e proteção contra configurações que não foram feitas corretamente, compatibilidade de dispositivos e sistemas abertos e sistema configurados para se adaptarem a outras tecnologias que podem ser adicionadas no futuro.”

Redes melhores

É ótimo ter mais dispositivos capazes de se conectar a redes e permitir que os proprietários fechem as portas da garagem remotamente ou ativem o liquidificador da cozinha ou a sua banheira. Mas as redes domésticas de internet precisam lidar com tanto tráfego, deixando os construtores lutando para compensar a diferença.

“Mais pessoas estão trabalhando em casa e aprendendo remotamente e, com a média de residências dos EUA com 25 dispositivos conectados, a necessidade de fornecer aos nossos compradores uma conexão de rede doméstica sólida e confiável, além do que o provedor de serviços de Internet do comprador pode oferecer, cresceu”, disse. diz Felicia Ratka, presidente da Toll Brothers Smart Home Technologies.

Ela diz que as redes 5G podem preencher algumas dessas necessidades: “É muito emocionante. Se você tiver uma rede doméstica rápida, certamente poderá ter uma casa mais inteligente. E vejo muitos serviços se beneficiando tremendamente do 5G.”

O Efeito Pandêmico

Nem toda tecnologia se conecta à parede. Se a pandemia nos ensinou uma coisa, é que os humanos carregam muitos germes. Os construtores estão reconhecendo isso oferecendo sistemas inteligentes que garantem que os proprietários vivam com o ar mais fresco e as superfícies mais limpas possíveis.

“Hoje sabemos que a melhoria da qualidade do ar é mais importante”, diz Dan Bridleman, vice-presidente sênior de sustentabilidade, tecnologia e fornecimento estratégico da KB Home. “Estamos comprometidos em oferecer a mais recente tecnologia que pode ajudar a proporcionar um ambiente doméstico mais saudável.”

Isso inclui a tecnologia inteligente padrão em torno de aquecimento e resfriamento, mas o construtor também usa um selante antimicrobiano nas superfícies para fornecer proteção duradoura contra bactérias, mofo e bolor.

As coisas divertidas

Felizmente, as melhorias domésticas inteligentes não se resumem a maçanetas limpas e melhor Wi-Fi. Na mais recente CES (Consumer Electronics Show), uma série de novos produtos foi revelada que poderia permitir que os construtores se tornassem totalmente futuristas para seus clientes.

A Sunflower Labs revelou um drone que pode voar ao redor de uma casa para procurar intrusos (ou qualquer outra anormalidade) enquanto os proprietários estão fora, enquanto a Amazon disse que estava desenvolvendo um robô que é essencialmente uma estante ambulante que pode seguir um proprietário de quarto em quarto .

Os construtores precisarão considerar quando faz sentido introduzir recursos mais radicais.

“Pensamos em como os compradores viverão em suas casas e como a tecnologia pode agregar valor e conveniências”, diz Mark Adcock, vice-presidente sênior de compras da Century Communities. “Acreditamos firmemente que se trata de ajudar os compradores de imóveis a levar uma vida mais simples, menos complexa e mais conveniente.”

Em outras palavras, provavelmente levará mais alguns anos até que os mordomos robôs se tornem uma atualização padrão.

Projeto residencial brasileiro AGE360 recebe a maior pontuação do mundo em qualidade de vida

Antecipando a maior tendência do mercado imobiliário mundial, o projeto da incorporadora curitibana AG7 Realty recebeu a maior pontuação do mundo pelo Fitwel, em projetos residenciais, é o mais premiado da América Latina e está no top 15 global na certificação de qualidade de vida, tornando-se uma referência para a arquitetura mundial

A medicina já estuda há muitos anos como o código postal de uma pessoa tem influência na saúde do próprio código genético dela. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), saúde é definida como o “completo bem-estar bio psico social” e não apenas a ausência de doenças. Ou seja, o lugar onde moramos impacta diretamente na saúde do corpo e pode garantir esse bem-estar que a própria saúde pede. Tal constatação ficou ainda mais evidente durante a pandemia do COVID-19, quando a atenção do mercado imobiliário foi voltada para as novas certificações de qualidade de vida, selos que tem como propósito garantir a construção de edifícios mais saudáveis para as cidades e seus habitantes. 

O prédio residencial curitibano AGE360, que tem se destacado no cenário mundial por seu exclusivo projeto, acaba de ser reconhecido pela certificação Fitwel - selo internacional de saúde e bem-estar no morar - como o residencial com a maior pontuação do mundo. O projeto também tem a maior pontuação da América Latina, dentre todos os tipos de projeto, e está no top 15 global. Ele é assinado pelo escritório de arquitetura Triptyque Architecture e incorporado pela AG7 Realty, incorporadora curitibana que tem em seu board uma médica especialista em inovação, a Dra. Andressa Gulin

O selo internacional Fitwel reconhece projetos que colocam o indivíduo como a peça mais importante em um espaço e tem como premissa a arquitetura e a construção voltadas à promoção da saúde. Dos projetos disponíveis no diretório do Fitwel, em todo o mundo são 286 edifícios certificados e apenas 30 deles atingiram a pontuação “3-star”. O AGE360, localizado na categoria “Fitwel v2.1 Multifamily Residential”, é um destes e registrou pontuação de 128,94 pontos ainda em projeto.

De origem norte-americana, a certificação baseia-se em mais de 3.000 estudos científicos analisados por especialistas em saúde e design do governo dos Estados Unidos em busca de estratégias direcionadas à construção de edifícios mais saudáveis, que permitam melhor qualidade de vida. Mais do que uma certificação, a Fitwel serve como uma espécie de guia para o bem-estar das pessoas, já que aponta 60 estratégias para isso. Os valores considerados centrais nesse guia passam por: saúde da comunidade, redução de morbidades, responsabilidade social, atividade física, segurança, sentimento de bem-estar e acesso a alimentação saudável. 

 No AGE360 a saúde do morador é um dos pilares de sustentação do projeto que une arquitetura e sustentabilidade atrelados a ambientes, serviços e materiais que inspiram um estilo de vida mais saudável. Edifícios certificados Fitwel seguem critérios que estimulam a construção de ambientes que influenciam em hábitos como a alimentação, condição física, o humor, os padrões de sono, a relação entre as pessoas, a qualidade de ar e água.

Entre os inúmeros critérios pontuados pelo AGE360, os futuros moradores terão a garantia de viver em um residencial que conta com: áreas bem ventiladas e iluminação natural em todas os ambientes, visto que o empreendimento é cercado por amplas janelas do piso ao teto, em 360 graus que garantem a qualidade do ar; sistema de filtragem na caixa d'água garantindo água potável em todos os apartamentos, além de  bebedouros distribuídos nas áreas comuns; áreas que estimulam práticas de atividades físicas indoor, como a academia, com equipamentos de última geração, e outdoor, como a quadra de areia para práticas de beach tênis e vôlei de praia; a seleção de materiais livres de substâncias tóxicas como o chumbo e asbestos, que podem causar doenças crônicas; sistemas de segurança física e biológica nas áreas de acessos com estações de desinfecção e tecnologia de última geração para vigilância dos usuários,  além de equipamentos para casos de emergências graves como desfibriladores externos automáticos em áreas estratégicas do residencial para casos de infarto. 

Ainda, o edifício une tecnologia e sustentabilidade levando o conceito de biofilia, que pode ser sentido na harmonia de um paisagismo marcante localizado no térreo, que se eleva com floreiras de irrigação automatizada em todos os apartamentos. A criação de um microclima único é alimentada pela reutilização de água da chuva e de manutenção do condomínio, que garantem sua perenidade. O edifício também conta com esquadrias de alta performance que garantem o conforto térmico e sonoro nas áreas internas, que levam um equilíbrio de temperatura dos ambientes internos e externos com a melhora do conforto e qualidade do sono.

Nas áreas comuns estão espaços destinados a experiências facilitadoras de rotina e com o propósito de estimular a conexão pessoal e social dos residentes, localizados a poucos andares de distância dos moradores, no meio do edifício, com vistas impressionantes da cidade para contemplar o entardecer de Curitiba, por exemplo. Entre elas está o Salão de Festas, sob um lindo jardim; áreas para relaxamento e meditação, que trazem paisagens de tirar o fôlego; e ainda espaços como a Wellness Kicthen que traz novas referências de espaços gourmets com acesso a horta orgânica, com alimentos da Lapinha Spa. O edifício ainda contará com uma programação de atividades periódicas como Clubes de Leitura, Aulas de Culinária e Atividades Físicas, organizadas pelo concierge do prédio em parceria com a Lapinha Spa e os moradores também terão acesso a espaços exclusivos para trabalho, home schooling, creativity room e serviços pay per use, como atendimento médico, salão de beleza e massagem.

O olhar de uma médica na incorporação

A Dra. Andressa Gulin, sócia da AG7 Realty e uma das primeiras médicas da América Latina a receber a certificação Fitwel Ambassador, que forma líderes para o desenvolvimento de construções mais saudáveis, relata que as pessoas passam cerca de 85% do seu tempo dentro de edifícios, espaços que têm impacto direto e indireto na saúde dos seus usuários. “A necessidade de se criar projetos focados em saúde e bem-estar se torna uma nova premissa para o mercado imobiliário. Os edifícios podem ser vistos como nossa armadura imunológica, onde o cuidado com a saúde ganha a conotação de segurança e o bem-estar um estilo de vida do morador", afirma.

Segundo ela, a incorporação destes projetos certificados também demonstra o compromisso social dos investidores. “A pontuação vai além dos espaços internos e qualifica os projetos por demonstrar uma preocupação em estimular a convivência dentro do bairro, levar benefícios sociais para o entorno, incentivar o comércio local e do pequeno produtor”. No AGE360, a incorporadora AG7 contemplou um projeto de gentileza urbana que construirá uma rua na região do edifício, além de uma loja comercial no empreendimento, que abrigará serviços e produtos alinhados com a marca, e ainda terá parte de seus recursos destinados para ações sociais. 

 

Ao todo, são três chancelas unidas que fazem do AGE360 o primeiro Wellness Building do Brasil: além da maior pontuação na certificação Fitwel, o edifício está em processo de certificação pelo Green Building Council (GBC), a principal certificação de sustentabilidade do país; e recebe a chancela da Lapinha SPA na concepção de espaços que reverberam cuidado para levar saúde e bem-estar de forma holística ao dia a dia dos moradores. 

 

 Para saber mais sobre o AGE360, clique aqui.

Automação ganha espaço

Fonte: Revista Potencia, setembro de 2021

Com soluções que podem atender desde novos projetos até edificações existentes, automação predial concentra um mercado dinâmico e em expansão

Um mercado em ascensão, marcado pelo crescimento vigoroso. Assim pode ser definido o momento da Automação Predial, que registra contínua evolução tecnológica e ao mesmo tempo a popularização de diversas soluções. 

O conforto, a segurança e a economia proporcionada na operação diária das edificações contempladas com as soluções disponíveis se destacam como benefícios aos usuários, fazendo dos investimentos uma aplicação segura e vantajosa. Segundo estimativas da Associação Brasileira de Automação Residencial e Predial (Aureside), as vendas desse mercado no país devem ter um crescimento da ordem de 15% a 20% ao ano até 2025.